sexta-feira, 29 de maio de 2015

Queda de Constantinopla


Entrada triunfante do sultão Maomé II em Constantinopla

No dia 29 de maio de 1453, o império romano do Oriente desaparece de vez, porque Maomé II, sultão otomano, conquista Constantinopla, grande cidade e de importância mundial, e capital do império, apesar da forte resistência dos bizantinos, comandados pessoalmente pelo imperador Constantino XI.
Constantinopla tinha sido o nome escolhido por todos, em honra do seu imperador fundador Constantino I, imperador do império romano desde 306. Por interesse estratégico, Constantino mandou restaurar e ampliar a cidade de Bizâncio, criando todos os edifícios necessários ao exercício da governação civil, militar e religiosa e em 330 passou a ser a capital do império romano do oriente.
Basílica de Santa Sofia em Istambul
O império romano do oriente sobreviveu durante mais de 1000 anos. Muitos historiadores consideram que a queda de Constantinopla marcou o fim da Idade Média.
Em 1923 é fundada a República  da Turquia e só em 1930 é que Constantinopla passou a chamar-se Istambul.



Sem comentários:

Enviar um comentário