sexta-feira, 18 de janeiro de 2019

CONFERÊNCIA “A FELICIDADE – DA MOCIDADE À TERCEIRA IDADE”

As turmas TAS 17 e TAS 18 puderam assistir à conferência “A felicidade – da mocidade à terceira idade”, na biblioteca.


Os palestrantes convidados foram, como era de esperar, magníficos e cada um fez uma abordagem sob uma perspetiva diferente da do outro. A moderadora Ana Gil, Da RCB – Rádio Cova da Beira - já nos habituou ao seu modo profissionalmente simpático de moderar os trabalhos e cumpriu a sua função melhor do que nunca.


Assim, o Dr. Lourenço Marques deu-nos uma perspetiva muito interessante da felicidade. Segundo este médico habituado a lidar com pessoas com doenças terminais, “a felicidade é o desejo de todas as pessoas e acompanha a esperança.” A este propósito acrescentou que “o instinto mais profundo do homem é o instinto de felicidade e a esperança resiste.”
Afirmou que há “quem a procure através do prazer material (egoísmo), quem a procure através da virtude, do bem e da espiritualidade”.
Sublinhou que existe uma interdependência entre nós todos e a natureza também e que é necessário entregar muito de nós mesmos.
Citou palavras sábias de Madre Teresa de Calcutá “Por vezes sentimos que aquilo que fazemos não é se não uma gota de água no mar. Mas o mar seria menor se lhe faltasse uma gota.”
Referiu as 7 condições de saúde e de felicidade, e reiterou que é necessário procurar o lado bom das coisas e das pessoas.
Terminou com a leitura de poemas, um de Herman Hesse, outra de Fernando Pessoa e outra da sua autoria.


Seguiu-se a professora de filosofia Catarina Crocker que fez uma abordagem filosófica não menos interessante do que a anterior. “Todos nós procuramos ser felizes”, afirmou. Aristóteles e este filósofo cria que toda a vida do ser humano estava orientada para o bem e que felicidade seria uma espécie de meta que todo o ser humano quer.
Referiu ainda o filósofo alemão Kant: “A nossa ação quando é moralmente correta, isso faz-nos felizes.” E o filósofo britânico Stuart Mill segundo o qual “nós devemos tentar criar a felicidade ao maior número de pessoas. Ter prazer, retirar a dor a alguém” são condições para que a felicidade se alcance.
Ele valorizava os prazeres superiores relativamente aos inferiores.
Terminou com a brincadeira da máquina de experiências: se alguém tivesse uma máquina que proporcionasse uma vida com tudo aquilo que nós desejássemos para lá viver, quem queria entrar? Ninguém na assistência o desejou! Dá que pensar!


Por fim, a psicóloga Isabel Henriques terminou a conferência com uma abordagem diferente, igualmente cativante: devemos pensar na “felicidade ao longo da vida, para o que temos de ter hábitos de um cérebro feliz”.
A D. Ascensão, ao ser questionada sobre o que é a felicidade, respondeu que “é acordar todos os dias”, o que deixou a plateia muda.

Seguiu-se o  Sr. Florentino Lampreia, que fez várias declarações, das quais destacamos uma muito engraçada: “A felicidade é como o bacalhau, que tem muitas maneiras de se cozinhar” e acrescentou que “para se ser feliz, tem de haver primeiro sofrimento”.
A Dra. Isabel referiu que a felicidade está relacionada, não só com o bem-estar psicológico e emocional, como também com a saúde física e não se acha, constrói-se. Falou nas hormonas da felicidade e do stress, o que ainda deu origem a algumas brincadeiras, como, por exemplo o facto de o chocolate ou a alface serem alimentos que contribuem para as hormonas da felicidade. Nós preferimos o chocolate!
Terminou afirmando que as pessoas felizes são mais saudáveis.



A tarde terminou cheia de FELICIDADE!, com todos a desejarem repetir a ação, promovendo um convívio entre gerações. Os nossos alunos, mais uma vez, demonstraram, em pequenos gestos, que encontram a felicidade quando a proporcionam a outras pessoas que precisam muito de atenção, como é o caso dos nossos queridos velhotes!!!

segunda-feira, 14 de janeiro de 2019

Conferência sobre a Felicidade

É já na próxima quarta-feira!
O tema é A Felicidade, da Mocidade à Terceira Idade e contará com os palestrantes: 
Lourenço Marques, Isabel Henriques e Catarina Crocker. A moderação está a cargo de Ana Gil (da RCB) e foram convidados para assistir a esta conferência alunos dos cursos de Apoio Psicossocial e Técnico Auxiliar de Saúde, bem como com alguns cuidadores e idosos dos lares Centro Social Paroquial de Bem-Estar Social de Valverde, Lar da Nossa Senhora de Fátima e Lar da Misericórdia do Fundão.

É uma conferência que decorre do projeto EnvelhoSer LivroMente, numa parceria entre a Biblioteca Escolar, os professores das turmas envolvidas e o PES.



quarta-feira, 9 de janeiro de 2019

Das Maravilhosas Coisas Ouvidas


Teve início esta semana o projeto “Das Maravilhosas Coisas Ouvidas”, da Casa Branca, com a turma B do 5º ano, com o qual a Biblioteca Escolar João Franco do nosso Agrupamento está a colaborar. As sessões estão a decorrer no Casino Fundanense com a Mónica Samões e José Pelicano. Este é “um projeto pedagógico de experimentação e criação artística para crianças”, que se desenvolve “em torno do património oral literário”. “O projeto assume ainda uma dimensão mais ampla, visando revalorizar, afirmar e reforçar o exercício da atividade simbólica da criança, o seu desenvolvimento e a expressão livre da sua inteligência através da exploração de formas e mapas sonoros e interrogações sobre a linguagem”.









segunda-feira, 17 de dezembro de 2018

Feliz Natal e próspero 2019

As bibliotecas do Agrupamento de Escolas do Fundão desejam a todos um Natal muito feliz e um ano de 2019 próspero de Leituras!


E, já agora, aproveitam a pausa do Natal para pôr a leitura em dia!

sexta-feira, 14 de dezembro de 2018

Sugestões de leitura


O Guardador de Rebanhos - Alma Azul

Decorreu ontem, pelas 11 horas, na biblioteca da nossa escola, a apresentação do livro O Guardador de Rebanhos de Alberto Caeiro, em edição especial dos 20 anos da editora Alma Azul, organizada pela professora Maria de Jesus Lopes, tendo assistido alunos de Português dos 12ºCT2 e 12ºLH e de Literatura do 10ºLH.


Alguns alunos do 12ºCT2 apresentaram, de forma muito criativa, a Maleta de Leitura de Alberto Caeiro.







quarta-feira, 12 de dezembro de 2018

CNL - fase escola

Decorreu na passada sexta-feira, dia 7 de dezembro, pelas 14h30, a fase de escola do Concurso Nacional de Leitura, na qual foram apurados os vencedores, que passam à fase seguinte:

1ºCEB
Margarida Reis Pereira - EB 1 de Valverde
Matilde Sofia Marrucho Brito - EB 1 de Valverde

2ºCEB
Maria Madalena Cordeiro da Cunha Ribeiro - 5º A
Matilde Campos de Oliveira - 6º A

3ºCEB
Alicia Pires - 7º B
Maria João Pacheco – 8º A

SECUNDÁRIO
Bernardo Domingues Araújo - 10º LH
Catarina Mendes - 12º CT1









Congratulamos, desde já,  todos os alunos que participaram e, em especial, os vencedores, a quem desejamos muita sorte na próxima fase!

terça-feira, 11 de dezembro de 2018

Visita de Sandro William Junqueira

Decorreram hoje, dia 10 de dezembro, entre as 10h30 e as 15h30, as sessões do escritor Sandro William Junqueira, na nossa biblioteca, para turmas de 5° e 4° anos. Ao longo da conversa os alunos foram tentando desvendar "as palavras que fugiram do dicionário".





sexta-feira, 7 de dezembro de 2018

Videochamadas com familiares e leituras no Lar de Valverde

Decorreu hoje a primeira atividade de “videochamadas por Skype”, inserida no projeto “EnvelhoSer LivroMente”.




Enquanto alguns alunos do APS18 (Apoio Psicossocial) leram poemas que recolheram no âmbito da disciplina de Português, com a prof. Eva Alves, a turma GPI18 (Gestão e Programação Informática) orientada pela prof. Maria Helena Lindeza, efetuou ligações por videochamada, através do Skype com familiares de alguns utentes do Centro Paroquial de Bem-estar Social de Valverde, permitindo aos idosos falarem e verem os filhos que se encontram longe.
Depois de estabelecidas as ligações, foi, com efeito, comovedor presenciar a emoção sentida por todos.




quarta-feira, 5 de dezembro de 2018

Visita do escritor Sandro William Junqueira

É já na próxima segunda-feira, dia 10 de dezembro, que a biblioteca do Agrupamento de Escolas do Fundão recebe, ao longo da manhã, o escritor Sandro William Junqueira, considerado pelo Expresso como um dos escritores para o futuro. 
Para além de livros infantis e juvenis (por exemplo, As Palavras que Fugiram do Dicionário, A Cantora Deitada e A Grande Viagem do Pequeno Mi), escreveu também já várias obras para adultos (por exemplo, No Céu não há Limões, Um Piano para Cavalos Altos, O Caderno do Algoz e Quando as Girafas Baixam o Pescoço, tendo este último estado nomeado para Prémio de Autores de 2018).





 (imagens dos livros da autoria da Leya)
Os livros estão disponíveis para aquisição na biblioteca, podendo depois ser autografados pelo escritor na segunda-feira.

Comunicação via videochamada em lares - teste

Preparação de mais uma atividade inserida no projeto “EnvelhoSer LivroMente”, desta vez numa articulação entre a biblioteca, a turma GPI18 (Gestão e Programação Informática) e a coordenadora do curso, professora Maria Helena Lindeza.



Na sexta-feira teremos uma sessão de videochamadas por Skype entre os idosos do Centro Paroquial de Bem-estar Social de Valverde e os familiares que se encontram ausentes.